domingo, 12 de fevereiro de 2012

Por que fazermos bonecas negras e pardas?



Olha o que diz Nina Veiga, especialista em bonecas Waldorf:
"O papel da boneca étnica, negra e parda, é de grande importância para a valorização da auto-estima e do reconhecimento da identidade afro-brasileira das crianças, tanto na família e na sociedade quanto na escola. A criança negra ou parda deve ter "a sua boneca" como seu espelho, onde se reflete sua anatomia e suas características étnicas. Ela também deve ter bonecas de etnias diferentes da sua para aprender a amar e a conviver com as diferenças. Através da identificação étnica com a boneca, a criança pode fortalecer sua identidade, aprender a valorizar a si e aos seus semelhantes e reconhecer, para toda a vida, suas raízes, livre de preconceitos ou estereótipos. Crianças que, no brincar livre, têm a oportunidade de aprender a conviver com a diversidade social tornam-se adultos mais preparados para a vida em sociedade."
Agora veja só o quanto a primazia da bonequinha sempre loira é influente nas ideias que a criança faz sobre si mesma. Chocante.

5 comentários:

  1. Olá Andrea!! Parabéns pela iniciativa! Pode contar comigo e já divulguei http://postandosobreartes.blogspot.com/2012/02/faca-alegria-de-uma-crianca.html

    beijo e uma semana abençoada!

    ResponderExcluir
  2. Eu tinha um boneco que se chama Ângelo negro quando era pequena...adorava ele, era bem pretinho :D

    ResponderExcluir
  3. Realmente o vídeo impressiona, mas á tal lei da Barbie imperando por gerações. Eu fiz bonequinhas negras e teria gostado de fazê-las independente da cor, mas com essa explicação, fiquei ainda mais orgulhosa das minhas! =) Fazendo o bem e dismistificando preconceitos.

    ResponderExcluir
  4. Que lindas Déa.

    Beijocas, ótimo dia pra você

    ResponderExcluir
  5. o problema da alto estima é muito mais sério do que pensamos, uma criança negra no meio da classe dominante nas escolas desde a alfabetização, sente o impácto pelo esteriótipo do que é ser belo e bonito estar sempre relacionado ao branco, quando ve um negro na tv ou nos meio de comunicação ainda que seja uma pessoa em evidencia na sociedade é muito pouco mencionado como referencia de alguém bem sucediso ou que tenha uma beleza. O que vale lembrar que o Brasil é 70% ou mais de afrodescendentes.Onde Estamos? Quem somos? Para onde vamos? E até onde podemos ir?

    ResponderExcluir