domingo, 4 de março de 2012

Tire seu sorriso do caminho que eu quero passar com minha dor.


Pode parecer que a entrega das bonecas foi só sorrisos de felicidade mas a situação de privação e injustiça é tamanha que logicamente houve muitos momentos difíceis...enquanto eu conversava com um grupo de crianças e era levada para conhecer o porco (sim, tem um porco perto demais do alojamento, tratado pelas crianças como um cachorro) uma mulher adulta pegou a boneca Matrioska no saco. A moradora que me ajudava na entrega - e que segurava o saco- rispidamente tomou a boneca da mão dela e falou que era para as crianças. A confusão então começou, com xingamentos mútuos. Eu demorei um pouco para entender e quando entendi fui até o tanque de lavar roupas para onde a mulher ofendida tinha ido e no qual esfregava uma saia com ganas que poderiam faze-la em pedacinhos. Fui lá com a Matrioska e pedi desculpas, expliquei como pude e lhe dei a boneca...ela estava em lágrimas e jogou a boneca em mim mandando eu enfiá-la sabem onde... Disse que não precisava dessa droga, que era muita humilhação...eu levei um susto, mas me desculpei de novo e saí com a boneca. A Mulher deve ter sido tão humilhada, tão magoada que tinha mesmo razão em estar assim irada. Bem, a irmã dela se chegou pedindo desculpas, e trazia pela mão o menininho da foto...eu ainda meio zonza abraçava a boneca e ele não tirava o olho daquelas cores. Então esticou a mãozinha pedindo. É dele. Depois entrei no alojamento e ele comia um pão e oferecia para a boneca, conversandinho com ela...acho que explicava que o mundo dos adultos é duro e que era melhor que ela ficasse ali com ele, protegida no abraço.

6 comentários:

  1. Nossa Andréia que situação !! Me fez imaginar quantas pessoas estão assim , sentindo -se humilhadas e não tem onde ou quem gritar e extravasar. Espero que as crianças mantenham a alegria com as bonecas. Um bom domingo querida , bjs

    ResponderExcluir
  2. Andréa tenho acompanhado a entrega para as crianças do Pinheirinho através dos seus post. É tão real seu depoimento que parece que estamos presentes junto com você!
    Obrigada querida por nos dar essa oportunidade de dar amor a quem necessita. Grande beijo, Celia

    ResponderExcluir
  3. Quanta humilhação essas pessoas estão suportando. É demais para um ser humano. Meu coração fica apertadinho a cada depoimento, mas me sinto feliz quando penso que de alguma forma estamos tentando amenizar.
    bjs e bom final de semana.

    ResponderExcluir
  4. Oi Andrea,
    É realmente um momento de muita fragilidade para as pessoas que sofreram esse abuso violento... Eu rezo e estou tentando fazer a minha parte para amenizar (minimamente) o sofrimento dessas crianças.
    ... e eu fiquei curiosa... vc está dando aula de especialização em EI de qual matéria?!?
    Bjs e sucesso na sua vida pessoal e profissional.

    ResponderExcluir
  5. Então...vi o link na "mamy arteira" e, comoi ela disse que vai ter nova entrega em abril, gostaria de participar, não sei como, mas gostaria...

    Beijinhos,
    Vera

    ResponderExcluir
  6. Moro em São José dos Campos e só agora tomei conhecimento da campanha de vcs, fiquei encantada! Gostaria muito de participar, vou procurar saber melhor como funciona. Acompanhei por 8 anos aquele lugar crescendo e ninguém fazendo nada até que a prefeitura e o estado fizeram o que fizeram, triste, muito triste! Mas o pior é que aqui na cidade muita gente acha que foi certo, que lá só tinha bandido e desocupado! Lindo o trabalho de vcs! Um abraço!

    ResponderExcluir