terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Aniversário de 1 ano: O Planejado e o imponderável



Adoro fazer planejamento...não que eu não aprecie o improviso, mas é mais fácil improvisar quando se tem um mínimo de organização. Para a festa iniciamos com a lista de convidados, depois pesquisamos as proporções de doces, salgados e bebidas por pessoa (aqui) e então dividimos as etapas da festa por área: Comidas, bebidas, embalagens, lembrancinhas...Para isso meu marido fez uma espécie de Mapa Mental, (que ilustra este post)algo que usamos para quase tudo - estudo, tarefas da casa, planejamento financeiro e mais.
Mapeado o que seria necessário fizemos um plano de próximas ações (estamos aprendendo a metodologia do GTD do David Allen) e saímos para comprar as coisas em casas de embalagem e festa.
Mas, na prática as coisas podem ser mais complicadas: entrei numa distribuidora de doces com a minha filha mais velha, a Laura, e com o Benjamin e passamos pelo maior sufoco: um assalto com três bandidos armados que renderam clientes e funcionários. Nesta hora estávamos bem no fundo da loja e foi difícil manter o sangue frio. Protegi o Benji, que dormia em seu carrinho, atrás de uma pilha de latas e pacotes e mandei a Laura se esconder no estoque, fiquei ali rezando para tudo acabar bem e para meu marido, que estava em outra loja, não chegar antes de tudo ter terminado. Felizmente ninguém ficou ferido e fora uma crise de asma que tive depois do susto estamos bem. Claro que as compras só foram concluídas em outro dia.
É isso, vamos continuar planejando mesmo sabendo que "Navegar é preciso, viver não é preciso..."

2 comentários:

  1. Vou mandar para o seu e mail as fotos do níver de 1 ano do meu sobrinho. A gente fez tudo! Ficou demais! Pode servir de inspiração, apesar do tema ser diferente do circo.

    Bjo!

    ResponderExcluir
  2. Mande sim! É bom ver ideias em prática!
    Beijo

    ResponderExcluir