terça-feira, 4 de outubro de 2011

Um dia de cada vez...


Não tenho uma larga experiência em feiras e bazares mas já participei de alguns e não tem jeito: sempre temo não conseguir produzir coisas o suficiente para levar. Desta vez eu estendi a produção por três semanas, costurando sempre entre 21h e 1 da manhã(o Benjamin dormiu, as coisas se alcalmaram na casa e aí é que começa a costurança- quem tem família, trabalho e produz artesanato sabe como é). O resultado (além de um cansaço monumental) está nas fotos abaixo tiradas aqui em casa. Fiquei muito feliz em ver a mesa cheia e saí para o Bazar "cheia de amor pra dar"... mas no "planeta comércio" as coisas são imprevisíveis e NÂO VENDI NADINHA no primeiro dia apesar dos elogios e carinho dos passantes - é, o mundo "fofurítico" também pode ser dureza! Fiquei meio chateada, mas já passou e amanhã e sexta eu volto, então aguardem as cenas dos próximos capítulos e torçam para que eu venda o suficiente para pagar ao menos as despesas do proprio bazar!



10 comentários:

  1. Tô torcendo muito por vc, Déia, vai dar tudo certo!
    Beijo
    Helena

    ResponderExcluir
  2. Oi Déia, Que pena, hein!?! Com tantas coisas lindas... Bos sorte nos próximos.
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Vou ficar torcendo para voce vender tudo.Conta pra gente depois como foi.

    ResponderExcluir
  4. Como filha de comerciantes, posso falar de cátedra: com fofurices ou não, o consumidor é sempre cruel. O remédio é perseverar. Não posso esquecer a história do meu pai e da minha mãe que nos criaram e educaram à custa de muitos "nãos" e muitos fracassos retumbantes de vendas... Mas pergunte se eles escolheriam outra profissão! Um beijo e "boas vendas"!

    ResponderExcluir
  5. Ah, tem muita fofurice sim e muuuita coragem em dizer que não vendeu nadinha, acontece, o que mais vemos por aí é gente falando demais e vendendo de menos, né?
    Não desanima, sabe como é, um dia a gente olha e no outro a gente volta pra comprar, meu primeiro e único bazar foi cruel, vendi muito pouca coisa mesmo.
    O ruim desse tipo de venda é que não dá pra passar cartão de crédito e/ou débito, né? Então força na peruca, amanhã o pessoal volta com o dindim pra comprar o que curtiu.

    Bjinho

    ResponderExcluir
  6. Meninas, obrigada pelo apoio! mariane, o pior é que eu ALUGUEI UMA MAQQUININHA DO VISA! hahahaha...nem esta desculpa eu tenho! Mas, graças a Deus ontem eu vendi o bastante para pagar o investimento na taxa da feira, taxis, maquininha bendita e lanche...menos mal. Ainda tem mais um dia...se vocês estiverem certas amanhã eu vou ver o tal do lucro! Beijo a todas

    ResponderExcluir
  7. Se Deus quiser e Êle quer, você vai vender sim. Nesses espaços tem gente que só vai passear e matar o tempo, mas sempre tem os interessados em comprar algo sim, não desanime o comércio é assim mesmo e no final tudo dá certo.
    Um abraço
    Nely

    ResponderExcluir
  8. Suas peças são lindas. Estou aqui torcendo para as vendas estourarem.
    beijos
    Chris
    http://inventandocomamamae.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Olá, td bem? é assim mesmo, a gente tem que ter um pouco de paciência, pq comércio não é fácil. Mas bons produtos sempre tem saída, pode acreditar!! parabéns pelos seus trabalhos, são lindos!
    Andreia
    artedacaixa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Cigarrinha querida - não encontrei seu nome no perfil: Tô me vendo nas suas palavras! Tb tenho um filho pequeno e que dá um trabalhão daqueles, casa grande pra limpar, cachorro pra cuidar, e tudo mais que envolve a rotina de uma casa e ainda sobra um tempinho pro artesanato.
    Quando tenho muitas encomendas, trabalho a todo vapor quando ele e meu marido estão dormindo...
    Ainda não participei de nenhuma feirinha, mas quando começei a fazer minhas coisinhas vendia apenas pros amigos.Queria montar minha lojinha no Elo 7 mas queria que fosse com o dindim do meu trabalho, devagarinho as coisas foram acontecendo. O importante no nosso trabalho eh manter sempre o pensamento positivo. Suas peças são lindas! Adorei o alce, os gatinhos, os monstrinhos modernos... E que bom que nos outros dias vc conseguiu tirar pelo menos os das despesas né? Um beijo pra vc!
    fofurasdefeltro.blogspot.com

    ResponderExcluir