domingo, 13 de maio de 2012

In love: redescobrindo a beleza de minha Cortina de crochê

Esta semana li um post no Bananacraft no qual a Dani falava de uma cortina de crochê feita por sua vó e que agora enfeita e vela a janela de seu craftroom. Eu achei linda e me lembrei de voltar a olhar com carinho para a minha própria cortina de crochê, que enfeita a janela de minha cozinha. Obrigada viu Dani, você sempre renova meu olhar...
Tenho esta cortina desde que eu e o Lúcio éramos namorados. A Eloísa, uma amiga e colega de trabalho, sempre recebia em sua casa pessoas que vinham de sua cidade do interior  do Paraná para fazer tratamento de saúde em Curitiba. Entre elas, uma senhora cuja filhinha tinha um problema de saúde crônico e sério que exigia horas semanais de tratamento no HC. Nestas horas a mãe sacava suas agulhas e crochetava...além de ocupar um tempo doloroso de ver passar à seco ela usava as peças confeccionadas para vender e auxiliar nos custos das viagens.

Me encantei pela cortina com barra de corações e naqueles delírios de namorada apaixonada comprei a cortina mesmo sem ter nem sinal de uma janela minha para colocá-la...quando finalmente fomos morar juntos- uns 7 anos depois!- o primeiro item a ser colocado na cozinha foi a cortina.

Gosto dela por ser bonita, por fazer parte das promessas de vida a dois -hoje a cinco!- que a gente construiu com o tempo e por me lembrar da força que tem as mãos e as mães.





quinta-feira, 10 de maio de 2012

Aproveitando retalhos: Echarpe de patchwork

                                
Desde que fiz a echarpe da primeira foto, para presentear minha amiga Alicja, estava esperando um tempinho para aproveitar mais retalhos e presentear outras queridas.O  tempo não é gentil comigo então agarrei ele pelo chifre e fiz mais algumas no feriado! Presenteei a Silvia, a Jordana - não fotografei estas :p-, minha filha Laura e a Letícia...
É tão fácil: a primeira echarpe fiz aproveitando um cachecol de tricô bem fino e já fora de moda, sobre ele costurei a echarpe de patchwork, feita de retalhos combinados em tamanhos diversos. As outras echarpes são quentinhas também, mas sua parte interna é feita com tiras de soft ou moletom felpudo que minha mãe descartou...Emendei uns paninhos bonitinhos, costurei-os com a face direita sobre a parte menos felpuda do moletom, passei uma costura reta em três dos lados, desvirei e fechei a bordinha estreita que deixei aberta.



  No mais foi me divertir feito criança com os pontos decorativos da minha Singer 160 <3, GENTE!! Pensem numa pessoa deslumbrada, rsrsrrs...A echarpe rosada ficou um escândalo (e não sei se isso é bom ou não, rsrsr) de tantos bordadinhos.
                                

terça-feira, 1 de maio de 2012

Feito à mão para meninos - e meninas: tapete pra brincar de dinossauro


                                 


O desafio de costurar roupas para meu menino me levou a tirar da lista de projetos "talvez um dia" algumas coisas que eu arquivava pensando no Benjamin. Este tapete pra brincar com dinossauros eu descobri quando pesquisava ideias para o "Tapete pra brincar de carrinhos" que fiz ano passado. Finalmente eu fiz e foi bem rápido. Ele é pequeno, fiz do tamanho de um jogo americano, assim fica prático pra carregar na bolsa e é uma excelente opção de jogo silencioso para levar para restaurantes, salas de espera e lugares chatos em geral  para um criança... lol!
Eu copiei a olho o desenho simples da paisagem deste tutorial em um jogo americano de plástico, usei giz de quadro mesmo.O Benjamin também copiou sua versão em outro lugar americano, rsrsrsrs
.                                 
Depois copiei dali cada parte com papel de seda e cortei no feltro...usei um feltro cinza como base e sobre ele montei a cena - foi um trabalho de colagem bem gostoso de fazer com o Benji junto.

                                    
Depois eu costurei tudo com ponto zig-zag da minha deliciosa Máquina Nova! EEEEEHHHHH!!!
Hoje cedo o Benji já era o paleontólogo da casa e desafia qualquer lógica ao promover o desafio: Backyardigans X Dinossauros. Uarrrr!