domingo, 29 de maio de 2011

Anos 40: a vida como ela é...


Uma vez um aluno da turma de minha amiga Paula, do alto de seus sábios 3 anos de idade chamou todos para ouvirem a história que havia criado e que começava assim: "Era uma vez uma velhinha que tinha uns 30,40 anos...". Ui! Na ocasião eu tinha 35 e não pude deixar de pensar em como é relativo isso de "há muito anos atrás"... pois bem: há muitos anos atrás eu achava que aos 40 eu seria bem velhinha - coque, óculos e uma saia feia; depois, já adolescente, achei que seria rica num apartamento duplex todo branco em algum lugar ensolarado e com o cabelo da Kelly das Panteras; já adulta achei que estaria em forma como a Madonna - correndo no Barigui e atuando no Greenpeace com meus amigos engajados e igualmente sarados...restam 7 dias para meu aniversário de 40, está frio pra caramba, tem uma pilha de louça na pia, um monte de textos para ler e o Benjamin já vai acordar da soneca....acho que não vai rolar.

domingo, 22 de maio de 2011

Tem uma foto minha entre as melhores da semana no Grupo Bananacraft!



A correia de guitarra que fiz para o professor de música do Benjamin e mostrei aqui está entre as melhores fotos da semana do Grupo Bananacraft! Felicidade! Vai lá ver que tem muita coisa bonita (a Tilda é de tirar o folêgo!). Beijos e uma semana muito criativa e divertida para todos!

Meu primeiro Zig Zag Quilt


Quando topei fazer a capa para uma almofada de cadeira não tinha ideia de que seria a chance de aprender tanta coisa...a Vera me pediu uma capa em tons de verde e eu, que já vinha sonhando com a oportunidade de fazer uma almofada Coracoralina como a da Helena Guerra Vicente do blog Quilts são Eternos, achei que era a hora! No entanto, quando fui buscar a almofada me deparei com um assento de cadeira lindíssimo e de formato bem inusitado.

Depois de dar tratos à bola, desenhando, pesquisando, planejando e desenhando de novo cheguei à conclusão de que a técnica do Zig Zag, que eu só conhecia de ver fotinhos por aí era perfeita para este formato triangular.


Fui à cata de revistas mas encontrei um PAP maravilhoso aqui na Net. O pedido da dona da almofada era algo em tons de verde, segui a indicação com umas pinceladas de vinho, creme e marrom. Fui devagar, caprichando o máximo possível nas costuras...depois, estofei a cadeira como o fazem os estofadores: grampeador, algodão cru e fita de gorgurão para dar o acabamento. Estou sofrendo de apego! Não quero parar de olhar para a almofadinha!!Tomara que a Vera goste...

sábado, 21 de maio de 2011

Quando o carteiro chegou e meu nome gritou....



Gritou não, que era um homem educado...interfonou. Pois bem eu desci as escadas do prédio numa correria que parecia que o mundo ia se acabar. A justificativa para este comportamento ansioso: Ganhei a Promoção do blog Casa de Reboco e o carteiro trazia a caixinha querida com meus prêmios. Subi tentando abrir o durex pelo caminho e quando finalmente ergui a tampa estava lá o taleigo lindo, um porta agulhas combinando, tecidos botões rendas e fios, e uma carta super simpática com o esquema - desenhado a mão! - para eu fazer um taleigo também. Eu não disse que uma hora ganharia uma promoção destas? Valeu a pena persistir! Obrigadão para a minha Xará Andréa, Dona da Casa de Reboco! Já estou planejando o que vai sair deste prêmio delicioso!

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Presente musical feito a mão...



Ligamos o rádio do carro e o Benjamin começou a "tocar violão" no zíper do casaco acompanhando a música flamenca no maior empenho! Na hora me espantei, achei sobrenatural (memórias de vidas passada?) e fiquei toda boba, até que meu marido me lembrou que era memória sim, mas da semana passada: aula de musicalização na creche. Ok, a explicação para o novo aprendizado do Benji pode não ser espetacular, mas é uma graça vê-lo identificando os sons dos instrumentos e assumindo a pose de violonista, violinista e flautista, muito graças ao professor Dani. Para agradecer preparei um presentinho de aniversário para o Dani: inspirada nas correias de guitarra temáticas e crafts que a Adriana Partimpim usa no seus shows customizei uma correia (de 8 reais) com o tema musical favorito do Benjamin - "Sabiá la na gaiola fez um buraquinho, voou, voou, voou, voou..."
Fiz um passarinho criado pelo creenfantin e providencialmente batizado de Zozio, le doudou chanteur, o tutorial é simples e já fiz vários deste site que tem coisas lindas. A gaiola eu bordei depois de pesquisar um pouco e ver a gaiola da Dani Sinhorelli do Bananacraft.
Pode até parecer um presente esquisito para um homem, mas quem é professor de crianças pequenas sabe o quanto de jogo, fantasia e atuação existe em uma boa aula de música. Espero que ele goste e que as aulas fiquem ainda mais coloridas.

terça-feira, 10 de maio de 2011

Mãe, otite, presentes e felicidade compartilhada.






Está quase impossível atualizar o blog: Benjamin com dor de ouvido, doutorado ocupando cada fresta de tempo que tenho (estou estudando os Reis Taumaturgos, do Marc Bloch, para uma das disciplinas e descobri que São Marcoul é o padroeiro dos armarinhos - isso é o mais perto de costurinhas que eu consegui chegar nos últimos dias)!
Mas o dia das mães, apesar das noites de otite foi super lindinho. As meninas prepararam muitas surpresas: café da manhã com tudo que gosto, flor na mesa, presente lindo! Ganhei um móbile do Mercato Casa que de um lado tem uma ilustração fofa e do outro uma frase que por coincidência bordei recentemente. Elas também gravaram duas trilhas de filmes que eu adoro! No "encarte" do cd de meu filme favorito - "Na natureza selvagem" - escreveram a frase " A felicidade só é completa quando compartilhada", descoberta de ouro do personagem principal do filme. Assinaram com as digitais, das duas e do Benjamin (minhas flores, meu bendito fruto :). Me emocionei muito...
No mais não fiz o cobertor para minha mãe pois foi tudo corrido demais e agora o Benjamin só quer colo e historinha o dia todo...mas correria, historinha, otite e canseira fazem parte do pacote mãe completo.

sexta-feira, 6 de maio de 2011

Presente de dia das mães de última hora: Cobertor com mangas!


Resolvido: amanhã cedo vou comprar três metros de soft para tentar fazer o cobertor com mangas da foto. Encontrei o tutorial aqui e estou ansiosa para ver se vai dar certo. Não parece complicado e acho que para uma mãe como a minha, que precisa aprender a descansar, será um presente incentivador. Estou com vontade de ter um destes desde que o vi sendo usado pela mãe anti heroína Franki Heck da série The Midle (que aliás nós todos em casa adoramos). Se der certo quero fazer um para mim,pois já me vejo enrolada nele, numa noite fria, lendo, digitando ou bordando sem gelar os bracinhos. Será que consigo?

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Minha mãe merece! E eu também...


Teimosia é meu nome do meio, por isso, mais uma vez estou participando de uma promoção de um blog fofíssimo. Desta vez é o Vestido de Rodar, que junto com a Villa Pano vão sortear o conjunto de mesa da foto em homenagem às mães. Quer tentar? Aproveite e confira também os posts especiais sobre maternidade que estão sendo publicados lá no vestido durante todo o mês de maio. Uma carinhosa homenagem