domingo, 28 de fevereiro de 2010

Chaveiro de tesoura: por que nunca pensei nisso ?



A Sílvia me deu um presente de gênio: Um chaveiro para colocar naquela tesourinha de bordado que sempre se perdia pela casa. Junto ganhei uma revista canadense com muitos outros modelos de chaveiros e de coisinhas que podem facilitar o acesso e organização de material de costura e que pretendo ir experimentando e mostrando aos poucos aqui no blog. A sacada deste chaveiro é que para fazê-lo você pode usar retalhos mínimos de tecido. Além disso, é um bom modo de treinar aquelas técnicas de patchwork que seriam extenuantes para uma principiante (como eu) se usadas em um trabalho de grande fôlego, como uma colcha, por exemplo. Obrigada Silvia!



sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Para Laura, em seu aniversário.




"Volver a los diecisiete después de vivir un siglo
es como descifrar signos sin ser sabio competente,
volver a ser de repente tan frágil como un segundo
volver a sentir profundo como un niño frente a Dios
eso es lo que siento yo en este instante fecundo"

(Violeta Parra)


quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Pra começo de conversa...




É bom ver o resultado concreto de alguns sonhos sonhados...aqui dois deles: O lindo Benjamin, com um mês de vida e minha primeira colcha de retalhos, feita para ele assim que me soube grávida. Desde que vi o filme "Colcha de retalhos", sonhava conseguir fazer algo assim. Pois bem, minha colcha, se olhada de perto, está cheia de defeitinhos de um trabalho inaugural, feito a partir do excelente tutorial que achei aqui: http://nouss-nouss.blogspot.com.
Já Benjamin...olho, olho e só vejo o quanto é perfeitinho.